Desbloqueio de bootloader causa perda de qualidade na câmera no Xperia Z3

Algumas pessoas sabem o que é a que função é atribuído o bootloader dos aparelhos, muitos houvem que o desbloqueio do bootloader acarreta problemas ou então que isso “libera” novas funcionalidades ao aparelho. Muitas dessas informações são verdadeiras e muitas são mitos e para quem já conhece a respeito do assunto sabe que há uma enorme gama de funções e possibilidades para quem opta por um desbloqueio de bootloader mas se você pretende adquirir o novo Xperia Z3  e juntamente com isso desbloquear o bootloader então tome cuidado.

02_Xperia_Z3_White_Angle
A Sony anunciou a certo tempo uma ferramenta para facilitar o desbloqueio de bootloader dos seus aparelhos mas em alguns casos isso não é aconselhável ou até mesmo não é tão vantajoso e se você já tem ou pretende comprar um Xperia Z3 então tome cuidado pois desbloquear o bootloader do Xperia Z3 fará com que você perca as chaves DRM e com isso seu aparelho perderá qualidade de imagem ao utilizar sua câmera, você pode ver um pequeno comparativo na imagem abaixo:

z3-drm-compare

 

As chaves DRM são um meio de proteção do android e a Sony as utiliza para proteger seus algoritmos de processamento de imagem e ao desbloquear o bootloader do aparelho essas chaves são limpas e consequentemente os algoritmos de processamento também não estarão mais lá pois a Sony faz isso para que desenvolvedores não portem seus algoritmos para outros aparelhos. Fotos tiradas com aparelhos com bootloader desbloqueado terão uma perca de qualidade em comparação com aparelhos com o bootloader bloqueado como é possível perceber na imagem acima.

Com isso se você é usuário avançado e quer tirar o máximo proveito da qualidade da câmera do Z3 então é hora de pensar bem antes de fazer qualquer procedimento que envolva o desbloqueio de bootloader do aparelho. Lembrando que o Z1 passou pela mesma experiência quando foi lançado pois o mesmo perdia as chaves DRM e qualidade nas imagens ao desbloquear o bootloader então essa história não é recente.

 

Fonte(s): Pocketnow

Leandro Miranda

Related Posts

Discussão sobre esse post

%d blogueiros gostam disto: